fbpx
Escolha uma Página

Diariamente, milhares de empresas criam ações com foco em atingir resultados imediatos, sem antes estabelecer um planejamento estratégico. Com isso, o negócio gasta muito tempo e dinheiro direcionando os seus esforços na execução de tarefas que não proporcionam o retorno esperado.

Começar o marketing criando um “como”, ou seja, uma maneira de fazer, sem antes definir um “porquê”, é um erro clássico entre os empresários. Na fase do planejamento é que a empresa conseguirá mapear os seus maiores objetivos. Assim, ficará mais fácil elaborar uma estratégia que deixe claro por qual razão a marca deve optar por determinadas ações de comunicação e, sobretudo, qual delas é preciso renunciar.

Afinal de contas, nem todos os caminhos conduzem à realização de um propósito. Por isso, investir na criação de um planejamento é fundamental!

É neste momento que a empresa vai diagnosticar o que é preciso ser feito para chegar onde almeja. Dessa forma, o plano estratégico funcionará como um guia, norteando as principais decisões de marketing na empresa.

O que deve conter no seu planejamento estratégico?

Análise do micro e macroambiente da empresa

É de suma importância avaliar o ambiente externo para identificar oportunidades e ameaças que podem interferir no seu plano estratégico. A análise SWOT é uma excelente ferramenta para isso. Um ajuste na legislação pode representar uma ameaça na divulgação do seu produto ou serviço, por exemplo.

Já uma necessidade ainda não atendida no seu segmento de atuação, pode significar uma oportunidade a ser aproveitada no mercado. Outro aspecto muito importante é observar as forças e fraquezas que estão ligadas ao ambiente interno da empresa.

Os fornecedores atuais podem ser um ponto fraco do negócio, pois atrasam muito na entrega da matéria prima. Em outro exemplo, se a metodologia utilizada no seu serviço é única e comprovada cientificamente, ela representa um ponto muito forte da empresa. Dessa forma, procure entender e documentar todos estes fatores para orientar melhor a estratégia e suas respectivas ações.

Análise da concorrência

O benchmarking é uma técnica bastante utilizada para coletar os melhores insights sobre a atuação dos concorrentes. Neste tópico, a empresa levanta todas as ideias e avalia o que é possível adaptar ao seu negócio. A dica aqui é aplicar de forma ainda melhor, diferenciada. Ou seja, a proposta é fazer algo diferente da concorrência para ganhar notoriedade no mercado e se diferenciar.

É fundamental observar aspectos da comunicação, estratégias de marketing utilizadas, o tipo de conteúdo produzido, a forma como interage nas redes sociais. Enfim, todos os detalhes podem indicar muitos espaços que podem ser melhor aproveitados.

Perfil do público

Entender o comportamento do consumidor é básico, mas muitas empresas falham nesse quesito. O fato é que durante muito tempo, a definição de público-alvo era suficiente para alcançar bons resultados com a publicidade. No entanto, hoje o cenário é completamente diferente.

Diante de tantos estímulos as pessoas sofrem com a síndrome da atenção e direcionam o seu foco para um anúncio somente se ele for relevante. E para isso, é imprescindível conhecer detalhadamente o seu comprador ideal. A criação de personas é uma ótima ferramenta para conquistar a atenção de quem de fato tem potencial e interesse pelo seu produto ou serviço.

Sendo assim, procure coletar dados direto da fonte e entreviste alguns dos principais clientes. É interessante buscar informações demográficas e, sobretudo, comportamentais. Os tipos de conteúdo acessados, os maiores problemas do dia a dia, os principais sonhos, dentre outros aspectos.

Definição dos objetivos

A definição de onde a empresa pretende chegar por meio das estratégias de marketing é essencial. Sem isso fica impossível mensurar os resultados e constatar se o desempenho das ações foi positivo ou não. Um exemplo de objetivo pode ser aumentar o número de clientes.

Formulação das estratégias

Para atingir com êxito o alvo mencionado no item anterior, a ação mais estratégica pode ser definir um nicho de atuação, segmentar mais o público, por exemplo. Em vez de disputar pela pizza, a empresa cria a sua própria fatia e certamente terá mais resultados.

Nesta etapa é interessante mencionar todas as táticas que podem conduzir a empresa na conquista dos seus alvos mais grandiosos! Contudo, é preciso que as ações tenham um prazo para acontecer, caso contrário, elas não sairão do papel.

Plano de ação

O plano de ação será o instrumento mais apropriado para descrever as ações a serem realizadas, os responsáveis pela execução de cada uma delas, os recursos que serão necessários e o prazo para cumprimento. Assim, fica mais fácil informar a equipe sobre as responsabilidades e integrar o trabalho de forma produtiva.

O acompanhamento desse plano deve ser constante para garantir que todas as atividades propostas estão sendo cumpridas com sucesso. Além disso, é uma maneira de fazer com que as pessoas se sintam parte de algo maior e, consequentemente, mais motivadas a trabalharem juntas na conquista dos objetivos do negócio.

Indicadores de resultado

É importante ressaltar que nem tudo que pode ser medido deve ser mensurado para avaliar a performance das ações de marketing. Por esse motivo, definir quais serão as métricas relevantes para avaliar os resultados é fundamental. Além do mais, existem algumas métricas de vaidade que podem atrapalhar uma estratégia de marketing. Portanto, é preciso definir quais indicadores são realmente importantes.

Sem dúvida, a etapa do planejamento requer muita dedicação e tempo, mas ela é essencial para o sucesso da sua estratégia de marketing. Além de nortear o negócio sobre as melhores possibilidades para conquistar os maiores objetivos, ajuda a empresa a evitar o desperdício de recursos em ações que não conduzem ao propósito almejado. Mas lembre-se: o plano estratégico deve ser revisto constantemente, pois pode sofrer alterações ao longo do tempo.

Ficou claro que toda estratégia de marketing bem sucedia exige um planejamento estratégico bem organizado. Contudo, é preciso se manter atualizado sobre o mercado para enriquecer a sua estratégia e atualizar o seu plano sempre que necessário. Nós podemos ajudar!

Que tal receber atualizações sobre as maiores novidades do mercado de comunicação e marketing? Então assine a nossa newsletter e receba o nosso conteúdo exclusivo!

Share This