fbpx
Escolha uma Página

Sabemos que o marketing é um dos setores mais importantes no alcance dos objetivos de um negócio. Ele conecta estratégias desde o desenvolvimento da marca até o relacionamento com os clientes atuais. No entanto, alguns profissionais se perdem diante desse cenário agitado por tantas mudanças.

De fato, essa área requer bastante dinamismo, pois tudo muda muito rápido — principalmente com relação às tecnologias e ao comportamento do consumidor. Por essa razão, é preciso estar constantemente atualizado sobre esse universo.

Para ajudar nessa tarefa, separamos algumas das principais perguntas que todo gestor de marketing precisa saber. Continue a leitura e confira!

1. Como divulgar minha empresa?

Os gestores precisam compreender que os universos online e offline reúnem diversas oportunidades de interação com os consumidores.

A tendência é que essa integração entre os dois mundos seja cada vez mais frequente para garantir uma melhor experiência ao consumidor. Por isso, as mídias digitais e tradicionais devem ser consideradas em qualquer plano de marketing da marca.

Isto é, além de apostar na internet como um meio para se conectar com o seu público, é interessante investir em ações convencionais de marketing. O investimento em eventos é um exemplo de como o ambiente offline ainda pode ser muito promissor para algumas empresas.

Portanto, não se esqueça de pensar sobre o caminho que os consumidores percorrem a partir do momento que conhecem a sua marca até se transformarem em clientes fiéis. É nesse trajeto que a empresa precisa marcar presença por meio dos mais diversos pontos de contato com o seu público.

2. Quem é o meu público ideal?

Um dos maiores equívocos cometidos por vários gestores de marketing é definir as ações sem antes entender profundamente quem é o público da marca.

Dessa forma, a empresa acaba atraindo pessoas que não têm potencial e nem interesse nos produtos e serviços oferecidos. Além de perder tempo, a organização desperdiça dinheiro para atrair quem não vai se tornar cliente do seu negócio.

Para evitar que isso aconteça, é necessário identificar com clareza o perfil do comprador ideal.

Se for possível, é até interessante criar uma persona que engloba as características demográficas e comportamentais do cliente mais compatível com o negócio. Ou seja, procure entrevistar os principais clientes atuais para constatar as características semelhantes e traçar o personagem que será o alvo das suas ações de marketing.

Assim, as chances de as estratégias trazerem resultados positivos são ainda mais expressivas. Afinal de contas, ao conhecer detalhadamente a sua persona será possível criar conteúdos específicos e anúncios que de fato despertam o interesse das pessoas certas para o seu negócio.

3. Quais são os meus diferenciais?

Ter um diferencial valioso é um fato que está ligado ao posicionamento de mercado que a empresa decide adotar. É como ter uma assinatura que faz com que a marca seja reconhecida pelos aspectos inusitados que ela tem.

Para responder a essa pergunta, é preciso avaliar os principais concorrentes e entender o que pode ser feito pela sua marca de forma diferente e atrativa.

De repente, o serviço ou o produto tem um resultado único, o negócio tem ingredientes diferentes ou, ainda, a empresa tem conquistas impressionantes. Um exemplo disso seria um negócio que foi o primeiro a vender em 10 países.

É preciso vender uma experiência e não somente o que o produto ou serviço faz em si.

Portanto, procure identificar os aspectos que tornam o seu negócio exclusivo. Dessa maneira, a empresa pode, inclusive, cobrar mais caro que os demais concorrentes, já que oferece algo distinto no mercado.

4. Como reduzir custos sem afetar o marketing?

É comum ainda encontrarmos empresas que, em momentos difíceis, consideram a interrupção do investimento em marketing. Porém, sabemos que nesses períodos esse é um dos setores que merecem mais atenção.

É por meio das ações de marketing que a marca conseguirá atrair cada vez mais clientes e, consequentemente, elevar a receita do negócio.

É importante que a empresa tenha um planejamento bem estruturado que identifique claramente os objetivos e as metas pretendidas. Assim, a marca terá condições de identificar o que precisa ser aprimorado e as ações que devem ser eliminadas, evitando o investimento desnecessário em táticas que não trazem retorno.

Outra forma de reduzir gastos sem prejudicar o marketing é potencializar a presença digital e investir em anúncios mais específicos nas redes sociais, por exemplo.

O investimento será mais acessível do que nos veículos de massa e os resultados também são facilmente mensurados, o que possibilita alterar uma campanha mesmo que ela ainda esteja em andamento e aumentar o retorno sobre o investimento.

5. Como fidelizar os clientes atuais?

Sabemos que captar novos clientes é fundamental para o sucesso do negócio. No entanto, fidelizar é ainda mais importante. O fato é que um cliente muito satisfeito pode se tornar um verdadeiro defensor da marca.

Isto é, os consumidores que estão encantados por uma empresa têm mais possibilidades de recomendá-la a outras pessoas.

Portanto, investir na fidelização também é uma fonte para aquisição de clientes. Para começar uma estratégia de relacionamento, é preciso ter o máximo de informações sobre os clientes da empresa. Um software CRM pode ajudar muito nesse processo.

Outra ferramenta essencial para fidelizar clientes é o e-mail marketing. Por meio dele, a marca poderá divulgar os próximos eventos, ofertas especiais e, até mesmo, parabenizar um cliente pelo seu aniversário. Esse canal é uma ótima alternativa para criar engajamento com os consumidores e se aproximar ainda mais dos clientes.

A gamificação para programas de fidelidade é uma técnica que também tem feito muito sucesso. Com esse método, os clientes se sentem encorajados a acumular pontos que podem ser trocados por outros produtos e serviços.

Para motivar os consumidores, existem níveis dentro dos programas com alguns privilégios. Quanto mais altos, maiores são os benefícios oferecidos aos clientes.

Neste artigo, ressaltamos algumas das principais perguntas para gestor de marketing que você precisa saber. Que tal continuar acessando o nosso conteúdo? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades do mercado de marketing e comunicação.

Share This