fbpx
Escolha uma Página
Quer construir audiência, mas nem faz ideia de como começar?

Quer construir audiência, mas nem faz ideia de como começar?



Em poucos minutos observando marcas e perfis de sucesso, é possível notar que, para se destacar mediante tanto conteúdo, produzir bons materiais é apenas o começo.

Pensar nas suas redes sociais de forma estratégica, tendo em mãos um calendário de conteúdo a ser postado pode ajudar você com as seguintes questões: 

– Saber quais assuntos abordar;
– Focar no que seu cliente quer e precisa saber;
– Gerenciar as publicações de seus conteúdos;
– Manter uma rotina e constância de posts.

Além disso, um cronograma de publicação ajuda você a manter seus canais sempre atualizados.

Mas calma que não é só isso.

Você sabe se relacionar com o seu cliente?

A interação também faz parte de criar um relacionamento e uma audiência engajada.

Interagir naturalmente, responder, informar e divertir é muito mais do que colocar palminhas ou emoji em um comentário de alguém. É preciso encarar como uma conversa, não como uma obrigação de vendas, por mais que a gente saiba que, no fim do dia, é isso que (quase) todo mundo está querendo nas redes sociais. 

Iniciar uma maneira mais humanizada de interação pode fazer total diferença para o seu negócio. Nosso trabalho de Gestão de Redes Sociais consegue ajudar nesse sentido, porque além de estar de olho nas interações, a gente vai responder e continuar a conversa que foi iniciada em um simples post. 

É assim que os relacionamentos começam, né? Quando as pessoas já estiverem à vontade, batendo papo e prontas para mais informações, aí sim, conseguimos coletar leads qualificados e ajudar a transformar o seu negócio. 

Gostou do conteúdo? Fale direto com a gente: https://api.whatsapp.com/send?phone=5565981560131



Engajamento: o que é, como vive, do que se alimenta

Engajamento: o que é, como vive, do que se alimenta

Uma coisa é clara para (quase) todo mundo: quanto mais engajamento, melhor. 

Veja bem, falamos engajamento, não número de seguidores e likes falsos. Essas são as métricas da vaidade.

Como o seu público interage com a sua marca? Essa é a pergunta que vale ouro.

Essa pergunta tem que estar presente na hora avaliar o engajamento porque é ele que vai te nortear a saber e a evidenciar as preferências de quem se relaciona com você/sua empresa.

Por isso, vale a pena se aprofundar um pouco mais no assunto e entender suas possibilidades e significados. O engajamento serve como medidor do nível de envolvimento alcançado.

Quando você faz uma gestão profissional das suas redes, por exemplo, você consegue avaliar os tipos de comentários deixados na página, se eles são positivos, negativos ou neutros, com que frequência acontecem ou porque não estão acontecendo… e aí um universo à parte pode se abrir para você.

Se precisar de ajuda para aperfeiçoar a sua estratégia e entender como se relacionar da melhor forma com o seu consumidor, estamos aqui.

Fale com a gente pelo WhatsApp: https://bit.ly/34uWWDb .

Você não precisa de agência, será?

Você não precisa de agência, será?

Olha, a gente nem gostaria de estar aqui tentando convencer você disso, mas algumas verdades precisam ser ditas, então vamos lá:

Por que contratar uma agência de publicidade?

1 – A agência possui profissionais capacitados e especializados em comunicação. São muitos, diferentes e com vivências diferentes também. Várias pessoas com experiências acumuladas, isso é vantajoso para você. Afinal é difícil montar e manter um time multidisciplinar dessa forma sem investir muito

2 – Fazer anúncios dos seus produtos e serviços é um investimento para sua empresa e não pode ser considerado um gasto, nem ser feito de maneira amadora (por você, por um sobrinho ou pela nova celebridade de lives da internet). Lembre-se sempre que é a imagem da sua empresa que está em jogo.

3 – Muitos profissionais e consultores “solo” que você contrata sem agência, porque “não quer uma empresa e sim uma pessoa para cuidar” também foram formados e trazem o “modus operandi” das agências, olha só! Sim, bebemos da mesma fonte, não se engane. Mas ele sozinho não consegue entregar tudo.

4 – Estar nas redes sociais significa que você precisa ter tempo e saber se relacionar com os seus clientes. Interagir naturalmente, responder, informar e divertir é muito mais do que colocar palminhas ou emoji em um comentário de alguém. É preciso encarar como uma conversa, não como uma obrigação de vendas, por mais que a gente saiba que, no fim do dia, é isso que (quase) todo mundo está querendo nas redes sociais. 

5 – A agência sabe que uma interação pode fazer total diferença para o seu negócio. Nosso trabalho de Gestão de Redes Sociais consegue ajudar nesse sentido, porque além de estar de olho nas interações, vai conseguir coletar leads qualificados e ajudar a transformar o seu negócio. 

6 – Além dessas vantagens, tem um monte de gente legal na Mercatto e são essas pessoas que vão resolver para você, não um CNPJ.

Deixe a gente fazer você crescer no mercado. ☺

Fale com a gente no WhatsApp.

http://bit.ly/MercattoWhatsApp

Saia da bolha

Saia da bolha

Como é bom estar com as pessoas que a gente gosta e falando dos assuntos que a gente gosta, né?

Sabemos que isso é muito gostoso e prático. Mas também perigoso. 

Claro que você tem que ficar de olho em quem atua no mesmo segmento que você e tem um negócio parecido com o seu, mas sair um pouco e observar outros universos, pode ser enriquecedor não só para o seu conteúdo, mas também para começar a conversar com outros perfis, que podem também ter interesse no que você oferece. 

Quer alcançar mais pessoas nas redes?

– Seguir pessoas/influenciadores que saiam um pouco dos “que todo mundo segue”

– Acompanhar outras redes sociais que não só o Instagram. Às vezes, o assunto é completamente diferente entre elas e isso pode te inspirar e abrir sua cabeça.

– Promover seu Instagram em outras redes sociais

– Usar hashtags não só para marcar seus conteúdos, mas para encontrar discussões relevantes e participar.

– Quando você comenta ou participa de alguma discussão, as pessoas olham, leem e isso pode fazer elas se identificarem com a forma que você pensa e se interessar pelo seu perfil.

– Faça experimentações com suas legendas. Esqueça essa história de que as pessoas não querem ler. Faça testes com textos curtos, depois, longos e observe.

Nas redes sociais para se ter bons resultados temos que testar e medir sempre, a observação do que funciona ou não vai garantir que seu alcance cresça.

Tem alguma dúvida? Fale direto com nossos especialistas https://mercattocomunicacao.com.br/contato/

Acesse nosso Whats App

https://api.whatsapp.com/send?phone=5565981560131

Você sabe qual o poder de venda da embalagem do seu produto?

Você sabe qual o poder de venda da embalagem do seu produto?

Com certeza, você já reparou em embalagens que chamam mais a atenção do cliente do que outras. A necessidade de um cuidado especial com a embalagem do produto é real. Afinal, a maioria dos clientes opta por itens com invólucro mais atraente e prático. Se bem compreendido, você certamente reconhecerá o poder de venda da embalagem!

Então, fazer um bom investimento em design é fundamental. Isso vai além da opção pela caixinha ou recipiente mais bonito. O consumidor poderá, inclusive, eleger uma marca diferente, devido à maior atração pelo visual que envolve determinada mercadoria.

Entenda o poder de venda da embalagem

Para que os clientes sejam atraídos e as vendas aumentem, a embalagem deve ter alguns aspectos essenciais. Ela deverá agregar o estético ao prático. O cliente verá sua beleza, mas também sentirá sua segurança e praticidade ao utilizá-la.

Ao estabelecer-se esse vínculo, naturalmente, o consumidor poderá ser fidelizado e buscará mais produtos da sua empresa.

Outro objetivo que é impactado pelo poder de venda da embalagem é a precificação. A embalagem surte efeitos perceptivos e sentimentais no cliente. Portanto, é natural que isso tudo se some ao aspecto funcional e à personalidade daquele item.

Assim, ela agregará valor à marca, mas, ao mesmo tempo, definirá seu posicionamento no mercado.

Desenvolva recipientes e caixas mais eficientes

Em seguida, é importante conhecer formas de desenvolver a embalagem de modo adequado. É fundamental a presença de um ótimo designer de embalagens. Ele juntará ideias para o invólucro que gerem um resultado esteticamente coerente e que siga as estratégias de seu produto.

O designer conhece formas, cores, padrões e outros fatores essenciais para o projeto.

Após sua criação, a embalagem deve estar disponível para seu público antes de entrar no mercado. Realize testes entre clientes específicos, colegas e amigos. Peça opiniões.

Se for necessário, realize ajustes. Pense nos dados que têm que estar impressos na embalagem, a fim de sanar quaisquer dúvidas dos clientes.

As cores devem ser atrativas, sejam quais forem. Escolha o simples, quanto a fontes (letras) e nomes. Cheque toda informação legal a constar e deixe o visual leve.

Saiba o que mais personalizará o produto

Existem outros itens que também ajudarão nas vendas de seu produto, como o rótulo. Sacolas e etiquetas personalizadas geralmente são usadas ao apresentar ou entregar alguns produtos. Esses materiais dão mais valor aos itens no mercado.

É fundamental que tais complementos sejam criados com total atenção. Eles precisam “dialogar” com o visual das embalagens e seguir a mesma identidade visual. Sempre.

Conheça alguns dos erros mais frequentes

Como diz o ditado, a primeira impressão é a que fica. Portanto, a embalagem precisa transmitir o que você quer passar ao seu consumidor.

Às vezes, nos deparamos com ilustrações inadequadas ou mesmo de conotação sexual. Ainda que seu consumidor se divirta com isso, o erro é grave e pode trazer uma imagem ruim à empresa por bastante tempo.

Isso se resolve com a contratação de bons profissionais para a criação da embalagem. Os textos que vão na superfície devem ser informativos. Data de validade, tipo de conteúdo, ingredientes ou orientações de uso são alguns exemplos.

Também se deve ter atenção quanto à qualidade do material da embalagem. Um material frágil, facilmente deteriorável, não protege e pode até danificar a mercadoria. Cuidado também com a qualidade de impressão do rótulo, etiqueta ou no próprio produto.

Como vimos, o poder de venda da embalagem envolve diversos fatores. Além da atração e fidelização de consumidores, a conquista de novos clientes também é possível. Para isso, é essencial que a embalagem esteja aliada ao conceito de sua marca ou empresa.

Gostou das nossas dicas a respeito de embalagens? Agora que está bem mais por dentro do assunto, confira mais dicas sobre design de embalagens!