fbpx
Escolha uma Página

Investir em marketing é obrigatório para qualquer empresa que pretende se destacar no mercado. Além de encontrar estratégias para se aproximar dos prospects e vender mais, é possível traçar ações com objetivo de estreitar o relacionamento com os clientes e demais públicos ligados à marca. Contudo, diante de tantos tipos de marketing, muitos profissionais ficam confusos sobre qual a melhor opção.

Conhecer bem o público que se deseja alcançar permite identificar com mais clareza qual o marketing mais apropriado. É válido ressaltar que tudo parte do objetivo do negócio. Isto é, a escolha da estratégia de marketing mais adequada também depende do propósito que a empresa tem. Se a intenção é deixar os clientes apaixonados pela marca, por exemplo, o marketing de relacionamento pode ser o formato mais indicado.

Para conhecer melhor quais são as possibilidades, compartilhamos a seguir, alguns dos principais tipos de marketing para alcançar resultados extraordinários. Acompanhe!

1. Marketing digital

Todas as estratégias realizadas no ambiente online com o intuito de aproximar uma marca dos seus consumidores são ações de marketing digital. Cada vez mais pessoas estão conectadas à internet e criar uma presença online é um dos grandes passos para começar a obter sucesso. Afinal, se o seu público está na rede é melhor que a sua marca também esteja.

Atualmente, os consumidores têm voz ativa e, mesmo que uma marca não esteja presente na internet, as pessoas podem estar falando dela. Portanto, é melhor que as empresas acompanhem todas as menções da marca até mesmo, para evitar uma crise de imagem.

As ações nas redes sociais, o disparo de e-mail marketing, os anúncios no Google AdWords e as táticas de otimização de site no Google, são alguns exemplos da aplicação do marketing no universo online. Concluindo, hoje, é praticamente impossível alcançar resultados expressivos sem criar uma presença digital.

2. Inbound marketing

O inbound marketing propõe a atração do potencial cliente por meio de conteúdo de valor. Desse modo, os consumidores vão até a empresa e não o contrário, como nas abordagens mais convencionais. A etapa em que o consumidor se encontra no funil de vendas é um ponto crucial para uma estratégia de sucesso.

O objetivo é conduzir as pessoas do primeiro contato com a marca até o momento da decisão de compra e a produção de conteúdo é uma das principais aliadas nesse processo. A principal diferença desse método é que o potencial cliente será abordado somente quando sinalizar interesse. Ao contrário das táticas tradicionais, que não consideram isso e acabam tentando vender antes do momento certo. Consequentemente, perdem várias oportunidades de gerar negócios.

3. Marketing de relacionamento

Sabemos que tão importante quanto captar clientes é fidelizar os mesmos. Atualmente, os consumidores preferem acreditar nas recomendações de conhecidos quando o assunto é a compra de um produto ou serviço. Sendo assim, investir no relacionamento com os clientes pode ser bastante lucrativo. É fato que consumidores satisfeitos apresentam mais propensão a recomendar uma marca e se tornar, inclusive, defensor dela.

Veja alguns exemplos de marketing de relacionamento:

programas de fidelidade;

promoções especiais para clientes (como as voltadas para os aniversariantes do mês);

realização de eventos para clientes VIP, entre outras.

4. Marketing offline

O marketing offline envolve todas as ações tradicionais de marketing, como envio de mala direta, anúncio em revistas, telemarketing, participação em eventos. Embora as empresas tenham voltado o investimento em marketing para o ambiente digital, a tendência é que os universos online e offline sejam cada vez mais integrados para oferecer a melhor experiência ao cliente.

5. Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é indispensável para que as estratégias de inbound deem certo. Ele consiste no conhecimento profundo do público para produzir conteúdo de qualidade. A proposta é criar uma persona, que é um personagem que representa o cliente ideal, para conseguir identificar o perfil da pessoa que a empresa pretende atrair.

Assim, ficará mais fácil criar artigos, vídeos, e-books, que captem o interesse do público. Afinal de contas, atualmente, é ainda mais difícil chamar a atenção das pessoas. Para isso, é preciso ter relevância, o que será possível somente por meio de um conteúdo específico. Para ter um conteúdo tão singular, é essencial conhecer bem a persona.

Um dos benefícios que o marketing de conteúdo oferece é a geração de oportunidades mais qualificadas para o time de vendas. Além disso, o custo para investir na produção de conteúdo é acessível, tendo em vista algumas ações tradicionais de marketing.

6. Trade marketing

Esse tipo de marketing é dedicado a tornar o ponto de venda mais atrativo para o consumidor. A maneira como os produtos estão posicionados e o aroma do ambiente são alguns dos aspectos que interferem diretamente na experiência do cliente no PDV. Assim sendo, todos os esforços para garantir que esse contato do consumidor com a marca seja positivo são caracterizados como trade marketing.

7. Endomarketing

Diferentemente do que muitos imaginam, o marketing não é direcionado somente ao público externo. Muitas ações podem ser realizadas para alcançar diferentes objetivos com o público interno de uma empresa. O endormarketing se baseia na criação de estratégias que têm como foco os funcionários.

Manter o público interno motivado e alinhado com a cultura da marca é um dos requisitos para as empresas que desejam conquistar e reter cada vez mais clientes. Colaboradores insatisfeitos podem trazer prejuízos incalculáveis. Portanto, investir em ações de endomarketing é uma das soluções para manter o clima agradável e caminhar mais rápido em direção ao objetivo do negócio.

Ficou claro que o marketing é um poderoso aliado no alcance dos resultados. No entanto, a aplicação das ações requer tempo e muita dedicação. Além disso, todos os tipos de marketing mencionados são muito eficazes, se aplicados de maneira estratégica.

Muitas vezes, formar uma equipe interna de profissionais capacitados para o marketing pode levar tempo e exigir custos altíssimos. Por isso, contratar empresas especializadas é uma excelente saída para evitar possíveis erros e executar todas as ações de forma efetiva.

Sem falar que qualquer ação de sucesso começa por um planejamento de marketing claro e efetivo. Caso contrário, a empresa não terá um guia que norteará o negócio na execução das ações e corre o risco de se perder na mensuração dos resultados.

Agora que você já conhece os principais tipos de marketing, que tal continuar se mantendo informado sobre as maiores tendências do mercado? Curta a Mercatto e fique por dentro das principais novidades no Facebook, no Instagram, no Twitter, no LinkedIn e no YouTube!

Share This