fbpx
Escolha uma Página

Todo gestor de marketing deve saber que a competitividade empresarial está a cada dia mais acirrada por conta dos meios de comunicação, que permitem que qualquer empresa com perspectiva de crescimento passe a ocupar uma posição importante em seu segmento de atuação.

Dito isso, é muito comum que um questionamento venha à mente: como ser mais competitivo no panorama atual? Pois bem, existem diversas medidas que podem ser adotadas e planejamentos estratégicos desenvolvidos, mas o fato é que preciso entender sua posição no mercado, o comportamento do consumidor e, acima de tudo, sua empresa.

Por isso, no conteúdo de hoje mostraremos 5 dicas importantes sobre como ser mais competitivo em um cenário tão complexo como o que estamos no momento. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura para conferir!

1. Faça uma análise da empresa e do mercado

Se sua intenção é desenvolver um planejamento estratégico consistente composto por metas e objetivos realistas é importante que, como gestor, você compreenda o ambiente interno de seu negócio.

Basicamente, é necessário conhecer tanto os pontos fortes quanto os fracos da organização para que seja possível reforçar aspectos positivos e corrigir gargalos e debilidades em potencial — que podem minimizar o índice de competitividade do negócio.

No que se diz respeito ao mercado, o mais sensato a ser feito é permanecer sempre atento ao que a concorrência está fazendo e, com isso, identificar ameaças e oportunidades. Sem dúvida, esse é um fator que pode fundamentar as bases da empresa, proporcionar meios para que ela se destaque e, ainda, se prepare para competir.

2. Desenvolva uma boa estratégia de precificação

Se você chegou até este artigo é porque estava questionando a si mesmo sobre como ser mais competitivo, correto? Quando falamos em competitividade empresarial, somos remetidos — quase que automaticamente — à precificação de produtos ou serviços.

O preço não deve ser a prioridade de um cliente que procura por qualidade ou que pretende manter um relacionamento comercial com as marcas que consome. No entanto, não podemos ignorar a relevância que ele tem na decisão final de compra.

Dado o contexto, é crucial desenvolver uma boa estratégia de preços para contribuir com a competitividade da empresa no mercado e até mesmo obter vantagem sobre os concorrentes.

Diversas estratégias podem ser aderidas e todas elas dependerão do perfil do consumidor ou do objetivo de suas campanhas. Por exemplo, preços baixos podem ajudar a conquistar espaço no mercado, enquanto um preço alto pode ser facilmente aplicado para agregar valor a produtos de maior qualidade.

Em resumo, ao elaborar uma estratégia de precificação, é preciso levar em conta que há uma relação entre aumento de vendas e lucratividade. Ou seja, se a tática não for bem aplicada, pode resultar em prejuízos e, por consequência, afetar a competitividade da empresa.

3. Prepare-se para as tendências de consumo e comportamento do público-alvo

Como dissemos anteriormente, é fundamental conhecer a própria empresa e o mercado em que ela atua. Porém, entender as tendências de consumo e comportamento do consumidor é um fator que não pode ser ignorado se você pretende ser mais competitivo.

Nos dias atuais, em que a presença da internet e a informação digitalizada são cada vez mais fortes na sociedade, as tendências comportamentais estão constantemente se reinventando. Por isso, é muito importante se manter atualizado sobre o que está acontecendo com as pessoas de uma maneira geral.

Dentre os perfis de consumo em ascensão no momento, podemos citar o principal como o mobile. Não é nenhuma novidade que os dispositivos móveis tomaram conta da sociedade moderna, concorda?

Para se ter uma ideia, cerca de 70% dos usuários acessam redes sociais e fazem pesquisas antes de comprar um produto ou concretizam suas compras por meio de smartphones ou tablets. Entre os motivos que os usuários alegam sua preferência por essa forma de consumir, o principal está a experiência positiva que ela proporciona.

Ou seja, apenas nesse conceito já pudemos entender dois aspectos importantes sobre as tendências comportamentais do consumidor:

Sendo assim, é fundamental que as empresas atuais façam as adaptações necessárias para oferecer suporte aos consumidores mobile. Dito isso, o primeiro passo é garantir a presença no meio virtual. Falaremos mais a respeito do assunto no próximo tópico.

4. Adapte sua comunicação e posicionamento online

Ao considerar tudo o que foi mencionado até aqui, você já percebeu que não tem como ser mais competitivo sem ter uma forte presença no meio digital, não é verdade?

A competitividade empresarial está — em grande parte — na internet hoje em dia. Portanto, é muito importante que sua marca esteja presente em todas as formas de acesso que o consumidor moderno se encontra.

Primeiramente, é essencial ter canais de comunicação mobile. Ou seja, seu site e blog devem ser responsivos. Por responsivo, entende-se um formato de acesso que se adéqua às mais variadas resoluções de telas dos dispositivos móveis — o que permite que a experiência de navegação seja positiva a todos os usuários, seja qual for o modelo ou marca de seu aparelho.

Para isso, é fundamental se colocar no lugar de seu cliente. Você saberia responder rapidamente se, ao acessar o e-commerce ou site de sua empresa, é possível inserir dados de pagamento e finalizar uma compra com facilidade — ou o usuário terá dificuldades para encontrar o que procura? Em tempos de informação digital, essas perguntas são altamente relevantes.

É preciso traçar planos estratégicos para que sua comunicação no meio digital seja assertiva e precisa. O que queremos dizer é que o consumidor moderno está na internet e dará prioridade às empresas que saibam se comunicar por meio de uma linguagem com a qual ele se identifique. Você entenderá melhor sobre isso no próximo tópico.

5. Comunique-se com o consumidor

Para finalizarmos a nossa lista de dicas sobre como ser mais competitivo nos dias atuais, não poderíamos deixar de citar um dos aspectos mais importantes: a comunicação.

Comunicação é tudo hoje em dia, já que ela está em todos os lugares. Ou seja, não basta ter uma forte presença na internet e se esquecer de investir nos meios de comunicação offline, pois eles podem não apenas potencializar suas campanhas online, como também atrair os clientes que ainda não migraram para o âmbito digital — que ainda representam uma grande parcela da sociedade.

A melhor estratégia, nesse contexto, é trabalhar suas ações e estratégias de marketing offline e online conjuntamente, sempre com as etapas do funil em que o cliente se encontra em mente, além de suas características comportamentais, desejos, fraquezas e necessidades.

Como você pode conferir no conteúdo sobre como ser mais competitivo, não há uma fórmula pronta ou uma regra a ser seguida à risca. O fato é que a essência da competitividade empresarial está na maneira como as marcas se relacionam com as mudanças do mercado e como reagem à constante evolução do consumidor moderno.

A nossa lista de dicas foi útil para você? Então assine a nossa newsletter para receber todas as postagens diretamente na sua caixa de entrada e se manter por dentro das maiores novidades da área!

Share This