fbpx
Escolha uma Página
7 benefícios de uma estratégia digital para sua empresa

7 benefícios de uma estratégia digital para sua empresa

O marketing digital não é mais novidade para ninguém. Os empresários já se atentaram para a sua importância e estão aplicando essa estratégia para não ficar atrás dos concorrentes. No entanto, nem todos sabem quais são os benefícios do ambiente digital. Com tantas mídias e ferramentas existentes, é fácil entender a razão dessa falta de clareza.

Não basta saber que determinada ação vai fazer bem, é preciso conhecer os motivos pelos quais ela é vantajosa. Dessa forma, você consegue tomar as suas decisões de maneira consciente e, consequentemente, os resultados melhoram. Caso contrário, é impossível saber o desempenho das suas ações e como ajustá-las ao seu objetivo.

Quer conhecer os benefícios do ambiente digital? Continue lendo e veja a lista que preparamos para você!

1. Visibilidade

Especialmente após a popularização dos smartphones, os brasileiros estão cada vez mais conectados. É só dar um intervalo durante o trabalho e alguém já tira o aparelho do bolso para checar as suas redes sociais. O mesmo acontece quando surge qualquer dúvida, logo acessamos o Google para fazer uma pesquisa.

Para se ter uma ideia, uma pesquisa feita em 2016 apontou que os brasileiros usam o celular por mais de três horas por dia. Não é à toa que as mídias digitais estão repletas de anunciantes. Observe a sua timeline e alguma rede social e os resultados de pesquisa do Google para constatar essa afirmação.

2. Segmentação

Seja por meio de anúncios patrocinados ou inserção de palavras-chave em seus conteúdos, o marketing digital possibilita que você fale com uma audiência segmentada. Uma ferramenta que merece ser mencionada devido ao seu alto poder de direcionamento é o Facebook Ads. Como sabemos, ao criar um perfil no Facebook, é preciso preencher diversas informações. Sendo assim, conseguimos focar os anúncios em um público bastante específico.

A grande vantagem é que o usuário que recebe suas mensagens fica mais satisfeito por receber conteúdos que são do interesse dele. Logo, a chance de conversão aumenta consideravelmente. Sem contar que você paga apenas para atingir pessoas qualificadas, ou seja, não há desperdício de verba.

3. Credibilidade

Além de conseguir um tráfego maior, estar posicionado na primeira página do Google traz mais credibilidade para o seu negócio. A impressão que temos ao visualizar determinada empresa em destaque na pesquisa é que ela não está lá por acaso. Mesmo que na prática se mostre o contrário, dificilmente damos valor àqueles que estão lá pela terceira ou quarta página.

Nas redes sociais, o parâmetro é um pouco diferente. Normalmente, julgamos pela quantidade de seguidores, curtidas e compartilhamentos. Às vezes, basta o compartilhamento de uma publicação sua para gerar uma impressão positiva no público. Isso acontece porque somos propensos a fazer escolhas a partir de indicações, ou seja, se um amigo seu compartilhou (indicou) algo, deve valer a pena conhecer.

4. Autoridade

A autoridade é conquistada — principalmente — por meio do marketing de conteúdo. Quando você cria um blog para a sua empresa e o atualiza frequentemente com textos de qualidade, ao longo do tempo você consegue um público fiel. Essas pessoas veem você como autoridade no assunto do seu segmento.

Esse também é um requisito importante para conseguir uma boa posição nos resultados da pesquisa orgânica (espontânea) do Google. Ao criar artigos, infográficos ou qualquer outro material de qualidade, as pessoas começam a citar você em outros sites ou redes sociais. Toda vez que uma página recebe um link de fora apontando para ela, o Google presume que o conteúdo é relevante — e isso tem um peso enorme para o ranqueamento.

5. Engajamento

A digitalização das mídias mudou completamente a relação entre a marca e o consumidor. Agora, o público deixou de ser passivo e passou a interagir com as empresas e suas mensagens propagadas. Quem não dá importância a essa mudança deixa de ganhar clientes e não cria fidelidade.

Essa interação ainda permite que possíveis problemas sejam resolvidos e não tomem grandes proporções. Sabemos que às vezes algumas coisas fogem ao nosso controle, como um produto com defeito ou atraso na entrega. Possivelmente, o usuário utilizará as redes sociais para fazer a reclamação, e se você não der uma satisfação, sua imagem será prejudicada.

Porém, as mídias digitais não servem apenas para resolver problemas, mas também para criar relacionamento com o público. Um bom exemplo é a Netflix. Essa companhia de streaming tem uma presença forte nas redes sociais e conquistou uma legião de fãs devido às postagens descontraídas e sua interação com a audiência. Isso faz com que a sua marca seja humanizada e tenha uma boa imagem.

6. Custo-benefício

Sua empresa pode ser de pequeno, médio ou grande porte para usufruir dos benefícios do ambiente digital. Qualquer que seja a sua verba, existe uma solução para o seu objetivo. Em ferramentas como o Google AdWords e Facebook Ads, é você quem define o orçamento das campanhas online. Assim que seus créditos acabam, o anúncio deixa de aparecer e só retorna quando você faz uma recarga.

Em paralelo a esses anúncios patrocinados, você pode criar uma estratégia de longo prazo, em que não é preciso pagar nada para atrair os visitantes. Ao otimizar o seu site para ficar bem posicionado nos resultados orgânicos da pesquisa do Google, você conquista uma grande visibilidade por tempo indeterminado. Seu site só para de ser exibido na primeira página se outro ultrapassá-lo.

7. Mensuração

No marketing digital, tudo pode ser mensurado. Com o Google Analytics, por exemplo, você consegue saber quantas pessoas visitaram o site, o tempo médio de permanência, as páginas mais populares, taxa de rejeição, entre outras informações. Além disso, você tem em mãos diversas informações sobre os usuários. Dessa forma, você consegue melhorar as suas ações para atingir esse público.

A performance dos seus anúncios pagos também é revelada dentro das próprias ferramentas. Caso você note que determinada campanha não está apresentando resultados satisfatórios, é possível pausá-la, fazer os ajustes necessários e retomá-la quando quiser. Sendo assim, o seu ROI (retorno sobre o investimento) aumenta gradualmente.

Você já deve ter percebido a quantidade de benefícios do ambiente digital ao seu negócio. Com um investimento compatível ao tamanho da empresa, conseguem-se resultados positivos e mensuráveis. Se você precisa ganhar visibilidade, converter visitantes em oportunidades e fidelizar seus clientes, essa é a opção certa.

E você? Conhece outro benefício que não foi citado no texto ou tem alguma dúvida sobre o assunto? Deixe seu comentário!

 

 

 

 

 

Gerenciamento das redes sociais: qual sua importância e como fazer

Gerenciamento das redes sociais: qual sua importância e como fazer

O gerenciamento das redes sociais — conjunto de métodos usados para manter e atualizar perfis corporativos — é uma forte tendência a ser seguida pelas empresas que compreendem a importância de canais como Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn para desenvolver estratégias de marketing digital.

Um detalhe que justifica a importância do gerenciamento de social media é a sua capacidade de potencializar os resultados das campanhas, algo que muito se deve à quantidade de ferramentas específicas que atualmente podem ser utilizadas.

Quando usados de forma correta, esses recursos oferecem dados valiosos, que podem contribuir para que a empresa conquiste mais seguidores, aprimore a comunicação com o público-alvo, construa estratégias mais eficazes e aumente a relevância da marca.

Ao continuar a sua leitura, você conhecerá outros fatores que justificam a relevância do gerenciamento das redes sociais e, ainda, receberá 5 dicas para colocá-lo em prática na sua empresa. Vamos lá?

Por que fazer o gerenciamento das redes sociais?

Não basta apenas ter um perfil no Facebook ou no Instagram para que sua estratégia de marketing digital tenha sucesso. É preciso conhecer a real importância de gerenciar as redes sociais e entender melhor porque você deve fazer isso. Confira os principais motivos:

Marcar presença nas redes sociais é só o começo

A importância do gerenciamento das redes sociais pode ser compreendida pelo fato de que, simplesmente, “estar nas redes sociais” é algo insuficiente para a investida ter sucesso.

Certamente, a maioria dos casos em que uma empresa, sem qualquer conhecimento sobre marketing em redes sociais, dedicou tempo, dinheiro e esforços para conquistar seu espaço no Facebook ou em outros canais, teve como resultado a frustração por parte de quem investiu.

A falta em não tratar as redes sociais com o mesmo nível de organização e pensamento estratégico aplicado nos processos internos da empresa é uma das principais razões que levam uma ação de marketing digital ao fracasso.

Para ter bons resultados é importante que você:

  • defina boas estratégias;
  • identifique a abordagem e linguagem mais adequadas;
  • planeje as publicações;
  • mensure resultados;
  • defina métricas de acompanhamento;
  • monitore seus perfis.

Por outras palavras, o gerenciamento de redes sociais enfatiza a organização e o planejamento, dois fatores cruciais para o sucesso de uma empresa em todos os sentidos.

Identificar problemas e desenvolver soluções é fundamental

Outro destaque que justifica a importância do gerenciamento das redes sociais é a possibilidade de identificar a causa raiz de um problema.

Por exemplo, às vezes é difícil entender o motivo pelo qual o site recebe poucas visitas provenientes do Facebook, ou a razão pela qual a empresa está recebendo mais “unfollows” do que “follows”.

Desde que esses dados sejam interpretados por um especialista, esse tipo de informação contribuirá diretamente para que respostas sejam encontradas e soluções inovadoras sejam criadas.

Acompanhar o avanço da tecnologia e as mudanças no comportamento do público

Atualmente, a internet é usada por bilhões de pessoas ao redor do mundo, sendo que a maior parte delas se encontra nas redes sociais. Tanto o crescimento de usuários quanto a própria evolução da tecnologia são sinais de alerta para empresas que seguem ativas nas redes sociais.

Uma amostra disso é a própria linha do tempo. Entre 2010 e 2012, por exemplo, o modo com que o público acessava e se comportava nas mídias sociais digitais era bem diferente do que vemos nos dias de hoje.

Sendo assim, estar preparado para o que acontece hoje não significa, necessariamente, que a empresa não terá problemas adiante, afinal, a mudança é constante.

Por outro lado, gerenciar as redes sociais corretamente minimizará os impactos dessas modificações, podendo estas serem percebidas e estudadas.

Como gerenciar as redes sociais?

Conforme prometido no início deste post, listaremos agora 5 dicas preciosas de como aplicar as melhores estratégias de social marketing na sua empresa. Confira!

1. Forneça aos seguidores conteúdos atrativos

O marketing de conteúdo é um dos maiores combustíveis para campanhas de social media. No entanto, empresas costumam falhar ao planejar e produzir os conteúdos sem considerar os desejos e necessidades do público-alvo.

Casos do tipo são representados por empresas que publicam conteúdos de apelo corporativo, focados somente nos eventos e iniciativas da empresa, sem relevância alguma aos seguidores sedentos por conhecimento — algo que só pode ser transmitido por meio de materiais ricos.

2. Evite usar as redes sociais apenas para vendas

De certo modo, esta dica está atrelada à anterior, pois as constantes publicações de ofertas e anúncios podem causar efeitos similares aos conteúdos corporativos — afinal não é sempre que os seguidores estão dispostos a comprar.

Além disso, o seu público está mais interessado em uma relação mais próxima com a marca, e não propriamente em ser um mero receptor de ofertas.

As redes sociais podem (e devem) ser utilizadas para prestar atendimento, esclarecer dúvidas, promover a interação entre público e empresa, entre outras ações de relacionamento.

3. Seja autêntico e adquira uma boa reputação

Fuja do lugar-comum e dos conteúdos genéricos que não agregam conhecimento à maioria dos seus seguidores. Infelizmente, a internet é uma grande fonte de conteúdos com pouco (ou nada) a oferecer.

Ser autêntico é elementar para obter sucesso em longo prazo, privilegiando a criatividade acima de tudo e buscando fornecer conhecimento de modo a enfatizar o quanto sua empresa entende do assunto — isto é, tornar-se uma referência no segmento.

4. Aprenda a lidar com o público

Estabelecer um contato direto com as pessoas tem um preço variável: ora agradável a ponto de fazê-lo ganhar o dia, ora difícil a ponto de afetar a paciência.

Sabemos o quanto é difícil receber uma crítica, sobretudo as com pouco fundamento e feitas por perfis sem identidade (fakes). Entretanto, faltar com a cordialidade nessas interações pode gerar má repercussão para a empresa, afetando diretamente a sua imagem.

5. Tenha um profissional dedicado à supervisão da rede social

Os canais de comunicação não podem ficar em segundo plano. Da mesma forma que o setor de vendas não pode ignorar um telefonema, o marketing da sua empresa deve se dedicar integralmente ao gerenciamento das redes sociais.

Portanto, é imprescindível que um analista de mídias sociais se dedique a supervisionar todos os processos de gerenciamento, bem como participar do planejamento das publicações.

Nesse sentido, fazer parceria com uma agência de publicidade é um passo importante para que todos os processos do gerenciamento das redes sociais sejam executados.

Viu só? O gerenciamento das redes sociais é um processo que envolve diversas etapas e vai muito além de meras postagens. Faça um bom planejamento, desenvolva boas parcerias e defina seus objetivos.

Para isso, que tal contar com a assessoria de uma agência com mais de 15 anos de experiência? Entre em contato conosco e conheça nossas soluções em comunicação estratégica!

 

 

 

ROI nas campanhas de marketing digital: é possível mensurar os resultados?

ROI nas campanhas de marketing digital: é possível mensurar os resultados?

Investir em campanhas de marketing digital está cada dia mais acessível. O ambiente online é repleto de oportunidades, tanto para as empresas quanto para os consumidores. Construir uma loja virtual, por exemplo, pode ajudar a expandir o negócio e conquistar clientes de qualquer lugar do mundo.

Porém, se várias barreiras foram quebradas, a concorrência também aumentou muito. Por isso, tornou-se imprescindível acompanhar o desempenho das campanhas de marketing digital e procurar sempre otimizar os recursos.

No post de hoje, vamos falar sobre um dos principais indicadores de desempenho no ambiente digital: o ROI. Confira!

Como criar indicadores para as campanhas de marketing digital?

O marketing digital envolve uma série de estratégias. Sua empresa pode criar conteúdos relevantes e publicá-los em um blog, criando um canal de fonte de informações. Pode ainda usar as redes sociais para estreitar o relacionamento com os clientes e patrocinar anúncios do Google. Cada ação representa um potencial para aumentar as vendas, converter novos leads e alcançar uma posição de destaque no mercado.

Porém, para que as estratégias apresentem resultados interessantes, é preciso muito empenho e dedicação da equipe, além de investimento financeiro em alguns casos. Por isso, torna-se essencial acompanhar o desempenho e verificar as ações que estão trazendo os melhores resultados, otimizando seus recursos.

Para isso, são criados indicadores-chave, chamados de KPIs (Key Performance Indicators ou Indicadores-Chave de Desempenho), que ajudam a mensurar se os seus objetivos estão sendo alcançados. Por exemplo: imagine que você deseja aumentar o conhecimento da sua marca na internet. Então, sua equipe gera estratégias distintas e agora precisa avaliar o resultado. Um bom caminho seria verificar o tráfego no site e o número de pedidos. Assim, você criaria uma relação entre as ações e os efeitos.

Mas, nesse mesmo exemplo citado, se foram criadas mais de uma estratégia, como saber qual delas foi mais efetiva? Temos um KPI importante para esse trabalho: o ROI.

O que é o ROI?

ROI significa Return On Investment ou Retorno Sobre Investimento. Esse KPI indica o desempenho de uma determinada estratégia levando em conta o valor investido e o retorno gerado.

Para calcular o ROI, deve-se, em primeiro lugar, determinar um período de análise. Após isso, levante todos os valores investidos, seja em marketing ou vendas, e calcule o total faturado. Com esses dados em mãos, vamos aplicar na seguinte fórmula:

ROI (%) = [(Faturamento – valor investido) / valor investido] x 100

Como podemos perceber, o valor encontrado no final do cálculo é dado em percentual. Vamos usar um exemplo para que fique mais claro como utilizar o ROI em campanhas de marketing digital.

Imagine que uma determinada empresa busca maneiras de aumentar as vendas investindo em anúncios pagos no Google. Em um período de um mês, considerando todos os custos envolvidos, o valor investido ficou em R$3 mil. Nesse tempo, a empresa faturou R$10 mil. Com isso, vamos ao cálculo:

ROI (%) = [ (10.000 – 3.000) / 3.000] x 100 = 233,3%

Então, nesse exemplo a estratégia tomada rendeu 233% do valor obtido. Uma ótima ação, não é? Mas imagine que no mês seguinte essa mesma equipe resolveu utilizar outra técnica, investindo R$2 mil e faturando R$8 mil. Qual será a ação mais eficiente? Vamos calcular:

ROI (%) = [ (8.000 – 2.000) / 2.000] x 100 = 300%

Com isso, vimos que na segunda estratégia, apesar de o faturamento ter sido inferior, a eficiência foi maior. Se a equipe tivesse que escolher uma das ações para priorizar, com certeza seria a segunda.

Qual a importância de calcular o ROI?

Como já falamos, as campanhas de marketing digital podem ter diversas estratégias, cada uma representando um investimento necessário e resultados. Com tantas possibilidades, é difícil definir as prioridades e alocar melhor os recursos. Portanto, a análise do retorno dos investimentos se faz necessária, pois responde algumas questões importantes, como:

  • O que está gerando mais lucro para a empresa?
  • Quais são os canais de comunicação mais eficientes para o negócio?
  • Os resultados obtidos estão dentro do esperado?
  • O processo de vendas está conseguindo converter as oportunidades geradas?
  • A equipe envolvida está conseguindo fidelizar os clientes?

Todas essas questões devem ser esclarecidas para servir de base nas decisões. Em um universo em que as possibilidades são diversas e a concorrência é extremamente acirrada, não podemos nos dar ao luxo de desperdiçar as chances criadas. As tomadas de decisões não podem ser feitas com base em achismos e crenças pessoais; elas têm que ser embasadas em números e resultados.

O ROI é o único indicador a se controlar?

A resposta é não! O ROI é um dos principais indicadores nas campanhas de marketing digital, mas não o único. Depois que você definir o objetivo da sua campanha, deve avaliar quais fatores têm interferência, direta ou indiretamente.

Alguns exemplos de métricas bastante utilizadas são:

  • taxa de conversão: mede a eficiência do seu negócio em converter as oportunidades em vendas;
  • ticket médio: avalia o valor médio gasto por pedidos;
  • CAC: representa o custo de aquisição de um cliente;
  • tráfego no site: mostra quantas pessoas estão visitando o seu ambiente virtual.

Como otimizar o ROI?

Para aprimorar esse indicador, nós devemos avaliar o que ele envolve. São relacionados o investimento realizado e o custo da estratégia. Investir em campanhas de marketing digital é um ótimo negócio e apresenta bons resultados, mas você deve saber onde colocar o dinheiro e os esforços. Caso contrário, sua empresa pode alocar recursos em algo sem projeção enquanto despreza grandes oportunidades.

Por isso, uma ótima dica para otimizar o ROI e buscar resultados mais expressivos em menos tempo é contar com a ajuda de uma agência especializada. A equipe profissional possui todo o conhecimento necessário para determinar as melhores práticas, acompanhar os resultados e desenvolver estratégias.

Além disso, quando você conta com uma agência, sua equipe pode focar no trabalho principal da empresa, alocando melhor os seus esforços. Suas campanhas de marketing digital serão profissionais e os resultados obtidos surpreendentes.

Então, como vimos em nosso artigo, analisar o ROI é fundamental para que sua empresa busque mais eficiência e empregue seus recursos naquilo que realmente gera resultados. Esse acompanhamento serve como base para as tomadas de decisão e potencializa os resultados. Para otimizar suas campanhas de marketing digital, conte com a ajuda profissional de uma agência especializada.

Gostou do nosso conteúdo? Então siga nossas redes sociais e fique por dentro das novidades! Estamos no FacebookInstagramLinkedInTwitter e YouTube!