Branding: o que é e como saber se é importante para minha empresa?

Sem dúvidas, em um mercado cujas empresas oferecem soluções semelhantes com preços parecidos, a marca pode ser um fator de diferenciação. Pensando nisso, várias organizações têm apostado em algumas estratégias de branding para se destacar.

No entanto, se você ainda não sabe o que é branding, este artigo vai esclarecer o conceito e explicar por que o seu negócio precisa dessa estratégia para ter sucesso no segmento de atuação.

Compartilhamos os principais benefícios que o branding oferece para a sua marca investir imediatamente nessa estratégia. Boa leitura!

Quais são os benefícios do branding?

Todos os esforços que incluem a gestão de uma marca são caracterizados como ações de branding. Esse trabalho envolve desde a criação do logotipo e concepção do nome, até as táticas de marketing da empresa.

O branding é essencial para mostrar ao seu público por que o seu negócio é diferente dos concorrentes e o porquê de ele merecer a confiança dos clientes.

Fidelize clientes com facilidade

Uma marca que possui uma boa reputação e faz jus a ela no seu dia a dia se torna cada vez mais forte no mercado. Somando-se isso às experiências positivas que os clientes têm com a empresa, a visibilidade da marca é ampliada consideravelmente.

É um ciclo virtuoso, pois quanto mais pessoas falarem bem a respeito do negócio, maiores são as chances de conquistar novos clientes.

Sem falar que os clientes fiéis podem se transformar em verdadeiros defensores da sua marca. E isso se propaga mais facilmente com a internet, ou seja, a maneira como a marca será percebida pelo público tende a ser a mais positiva possível.

Conquiste alianças muito poderosas

Outra vantagem de investir em ações de branding objetivando tornar a sua marca mais positiva na mente dos consumidores, é a conquista de novos parceiros. Quando uma marca é bem vista, outras empresas também podem se interessar em construir alianças com ela.

Dessa forma surgem as grandes parcerias de co-branding, ou seja, a união de marcas que apresentam o mesmo público-alvo, mas não são concorrentes. Isso pode acontecer para criar soluções ou agregar produtos e serviços das duas empresas e fazer um “combo”.

Além de ganhar ainda mais notoriedade — já que a sua marca será vista por um novo público — você vai aumentar as oportunidades de criar outras parcerias e potencializar o alcance das soluções que o seu negócio oferece.

Abandone a disputa por preço

É muito comum presenciarmos empresas concorrentes disputando por preço e tentando ganhar a preferência do consumidor, mas o que elas conseguem, na verdade, é desmoralizar a sua área de atuação. Com esse tipo de postura, as marcas atraem o interesse das pessoas, mas não as conquistam verdadeiramente.

Quando uma marca se posiciona e comunica esse posicionamento de forma coerente, ela se coloca imediatamente em outro patamar. O público que vai procurá-la não estará apenas interessado no custo das soluções ofertadas, mas no valor que essa empresa oferece.

Sendo assim, ao se diferenciar, a empresa atrai o cliente ideal que tem interesse e potencial para consumir os seus produtos e serviços. Consequentemente, ela abandona aqueles consumidores que precisam de desconto, exigem muito esforço do comercial e não correspondem ao perfil do negócio.

Como fazer o branding da minha empresa?

Agora que você já sabe as principais vantagens que essa estratégia oferece, que tal aprender como fazer um excelente trabalho de branding? Continue lendo!

Entenda o pilar do branding

A base de uma estratégia bem-sucedida de branding está na confiança. Afinal de contas, não existe nenhum relacionamento verdadeiro com os clientes sem esse pré-requisito. Portanto, entenda que todas as interações do público com a sua empresa representam um teste de confiança que ele deposita em você.

Não se esqueça que cultivar a confiança do cliente é um trabalho de todos os membros da equipe, pois ele começa desde o primeiro contato que o consumidor teve com a marca. Isso inclui uma ligação, uma visita ao seu site ou até mesmo uma conversa nas redes sociais.

Esteja em contato contínuo com os seus clientes

Já não é mais novidade dizer que uma venda não acaba quando ela termina. Por isso, é fundamental  estar atento às interações dos clientes e respondê-los o mais rápido possível. Com a velocidade que as coisas acontecem hoje, as pessoas esperam agilidade das marcas em qualquer retorno.

Além disso, sempre que possível procure fazer perguntas abertas aos clientes para entender melhor as suas expectativas, anseios e problemas. Essas informações são valiosas para investir no aprimoramento da experiência com a sua marca e torná-la cada vez mais presente na mente do seu público.

Estabeleça o DNA da sua marca

Antes de comunicar é preciso “ser”, ou seja: entender que a sua marca é indispensável, antes de criar qualquer ação. Isso garante que, apesar dos diversos meios em que o seu negócio está inserido, ele terá uma boa estratégia de comunicação e, sobretudo, harmonia. Isso também inspira credibilidade e atrai novos clientes.

A criação de um personagem semifictício que represente a sua marca é uma tática bastante interessante. Você pode criar uma brand persona para descrever sobre os maiores objetivos, sonhos e desafios da sua marca. Além disso, vale ressaltar características sobre o tom de voz e a linguagem que será aplicada em sua comunicação.

Como mensurar o valor de uma marca

O valor que uma marca representa está associado à percepção que o consumidor tem sobre ela. É muito difícil quantificar um valor, mas existem alguns indicadores que podem ajudar a empresa a perceber se está no caminho certo.

Uma das alternativas é observar as menções que estão sendo feitas com relação à marca — se são negativas, positivas ou imparciais. Isso indica claramente como o público tem enxergado e interagido com a marca.

Outra tática que pode ser utilizada é a criação de uma pesquisa para constatar em uma pontuação de 0 a 5, por exemplo, o quanto cada cliente indicaria a sua marca para outras pessoas.

As taxas de saída e retenção de clientes também são excelentes métricas que indicam a performance da marca perante o seu público. De qualquer forma, o trabalho de branding é constante e promove resultados mais expressivos em longo prazo. Portanto, não desista e continue aplicando todas as estratégias sugeridas neste artigo!

Ainda tem dúvidas sobre o que é branding e como implementá-lo na sua empresa? Entre em contato com a nossa equipe, podemos ajudar você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Share This